Aerossóis

Você já usou um desodorante aerossol? Chamamos de aerossol qualquer mistura de substâncias líquidas com gás em uma lata. Nela, o gás impulsiona o…


Você já usou um desodorante aerossol? Chamamos de aerossol qualquer mistura de substâncias líquidas com gás em uma lata. Nela, o gás impulsiona o líquido para fora ao ser ativado o mecanismo.

Composição

Existem três tipos de aerossóis distintos: poeira, neblina e fumaça. A denominação, no entanto, foi estendida à forma de aplicação dos produtos, ou ainda a embalagem que os contêm. Quando é formado por dispersão, caso mais frequente, há a atomização de um jato fino de líquido suspenso no ar. O jato é disparado por meio de uma corrente forte no meio de dispersão. Já quando é formado por condensação, esse um pouco menos frequente, exige estados de supersaturação e, consequentemente, a existências de núcleos de condensação.

Aerossóis

Foto: Reprodução

Embalagem aerossol

A embalagem contém, normalmente: recipiente, válvula, concentrado, propelente.

O uso desse tipo de embalagem é ilimitado, mas normalmente vemos sua aplicação em cosméticos, produtos de uso doméstico – inseticidas, polidores, desodorizadores –, perfumaria, produtos farmacêuticos – como para queimaduras, descongestionantes das vias respiratórias, anestésicos locais –, bebidas, tintas, extintores de incêndio e até mesmo reparadores de pneus e lubrificantes.

Aquecimento global

Considerado um assunto muito alarmante para cientistas, o assunto das partículas de aerossóis que estão presentes na atmosfera tem sido alvo de muitos debates que normalmente giram em torno das incertezas nas estimativas atuais das mudanças climáticas globais. De acordo com as projeções do Painel Intergovernamental para Mudanças Climáticas em um relatório do ano de 1990, as partículas eram como um causador secundário nos agentes responsáveis pelas mudanças climáticas, mas isso tem crescido muito em importância.

Há pouco tempo atrás, o conhecimento a respeito das partículas de aerossol não era o bastante para que se fizessem avaliações conclusivas a respeito dos efeitos climáticos que teriam. Essas partículas possuem um tempo de vida curto na atmosfera quando comparados com outros gases que podem durar décadas por lá. Exatamente por essa curta duração que seus efeitos foram colocados em segundo plano.

No entanto, atualmente, sabe-se que os aerossóis possuem um impacto importante no cenário, ainda que com muitas incertezas quanto aos seus efeitos. Elas alteram o balanço de energia da Terra ao refletir e espalhar novamente a radiação solar ao espaço. Isso faz com que seja reduzida a quantidade de radiação que atinge a superfície, ou seja, resfriando a superfície da terra.

Afeta ainda o balanço da energia devido a interação que tem com a microfísica de nuvens, pois apresenta a propriedade de condensar água em sua superfície e formar as gotículas de nuvens. Quando a nuvem for formada em uma atmosfera carregada de aerossol, sua consistência será de gotas menores em maior número. Isso pode trazer duas consequências. A primeira implica em uma maior quantidade de gotas que refletirão a radiação solar para o espaço, resfriando a atmosfera. A segunda consiste no desfavorecimento à formação de chuvas, uma vez que as gotas, quando muito pequenas, não se aglutinam formando as gotas que caem na chuva.


Reportar erro