Amidas, aminas e ésteres

Amidas As amidas são compostos que, pela substituição de um, dois ou três hidrogênios por radicais acilas, são derivados do NH3. São comuns amidas…


Amidas

As amidas são compostos que, pela substituição de um, dois ou três hidrogênios por radicais acilas, são derivados do NH3. São comuns amidas que possuam radical alquila ou arila no nitrogênio, caracterizados como mistos, parte amida e parte amina. Além disso, são comuns ainda amidas secundárias cíclicas, que são chamadas de imidas.

Amidas, aminas e ésteres

Foto: Reprodução

  • Nomenclatura das amidas

As amidas possuem nomenclatura simples, derivando dos ácidos correspondentes substituindo a terminação óico ou ico por amida.

  • Características das amidas

Com exceção da formamida (H – CONH2), que é um líquido incolor, as amidas são sólidas, e as mais simples são solúveis em água. Usadas em inúmeras sínteses, seus pontos de ebulição são altos em decorrência da formação de pontes de hidrogênios duplas. As amidas normalmente não são encontradas na natureza, mas preparadas por meio do aquecimento de sais de amônio, hidratação de nitrilas ou ainda por amonólise de éster, anidridos e cloretos de ácidos.

Aminas

Aminas são compostos que derivam do NH3 pela substituição de um, dois ou três hidrogênios por alquila ou arila, assim é feita sua classificação:

Aminas

Além disso, podem ser classificadas como aminas alifáticas e aminas aromáticas, ou até monoaminas, diaminas, triaminas, etc., dependendo do número de grupos de aminos na molécula.

  • Nomenclatura das aminas

Apesar de serem formados com a terminação amin, podem ser usados nomes especiais, principalmente para aminas aromáticas:

Nomenclatura das aminas

Quando houverem funções mistas, deve-se usar o prefixo amino, como o Ácido amino-acético.

  • Características das aminas

As metilamina e etalamina são gases e as aminas alifáticas com carbonos entre 3 e 12, são líquidos tóxicos e possuem cheiro semelhante ao de peixe. O ponto de ebulição é alto, pois as pontes de hidrogênios são fracas, e as aminas que possuem mais de 12 carbonos são sólidas, incolores e inodoras. As aminas podem ser usadas na fabricação de sabões, na vulcanização da borracha e, as aromáticas são essenciais na fabricação de corantes.

Ésteres

Além dos ésteres orgânicos, existem também os inorgânicos, que são obtidos dos correspondentes ácidos minerais, mas em ambos os casos, a nomenclatura é semelhante à dos sais.

  • Características

Os ésteres orgânicos com massas moleculares baixas são líquidos e incolores, e possuem cheiros agradáveis. São usados em essências de frutos e, quando aumenta a massa molecular, deixam de ser líquidos e passam a ser líquidos oleosos. Quando possuem massa molecular elevada, os ésteres são sólidos, como as gorduras e ceras. Sem pontes de hidrogênio, seu ponto de ebulição é menor do que os álcoois e ácidos, mesmo que possuam a mesma massa molecular. Insolúveis em água, os ésteres são solventes orgânicos usuais.


Reportar erro