Chuva ácida – Causas e consequências

A chuva ácida e suas consequências são um problema do mundo industrializado. Veja as causas deste problema e as práticas preventivas que foram tomadas


A chuva, por si só, já possui um pequeno grau de acidez devido à presença de dióxido de carbônico (CO2) na atmosfera, contudo não é prejudicial para a saúde do ser humano, animais e dos ecossistemas do nosso planeta. Porém em regiões ou cidades com alto nível de desenvolvimento industrial é comum ouvirmos falar em chuva ácida.

Causas

A chuva ácida é uma variação na acidez da chuva causada pelos gases tóxicos liberados pelas indústrias, como dióxido de carbono (CO2), dióxido de enxofre (SO2) e do óxido de nitrogênio (NOx), que são, sobretudo, provenientes da queima de combustíveis de origem fóssil como carvão, gasolina, óleo diesel.

A primeira pesquisa realizada sobre a chuva ácida foi feita pelo climatologista Robert A. Smith, na cidade de Manchester na Inglaterra no período inicial da revolução industrial. Esse tipo de chuva possui maior ocorrência em áreas muito industrializadas e em países em pleno desenvolvimento como o Brasil, por exemplo, devido ao crescimento desenfreado e irregular de seu campo industrial. Em seu estado normal, a chuva possui um ph (escala de 0 a 14 para medir a acidez sendo 7 o ph neutro e abaixo ou acima passam a ser ácido e básico respectivamente) de 5,4, quando é considerada ácida seu ph cai para algo entre 5 e 2.2.

Consequências da chuva ácida

Chuva ácida - Causas e consequências

Estátua danificada pelos efeitos da chuva ácida. | Foto: Reprodução

Os gases poluentes que se acumulam na atmosfera podem originar neblina, nuvens de fumaça, além da neve ácida como a chuva. Esse fenômeno é altamente prejudicial para a saúde do homem, pois pode causar sérias doenças pulmonares além de ser também prejudicial à natureza quando polui rios, fontes de água e o lençol freático. A chuva ácida pode afetar gravemente o andamento de um ecossistema como, por exemplo, os ecossistemas aquáticos quando a água dos rios é contaminada. Lavouras inteiras podem se perder por conta de sua alta acidez e o solo pode tornar-se improdutivo. De acordo com a WWF (World Wide Fund for Nature, em português, Fundo Mundial para a Natureza) 35 % dos ecossistemas europeus já foram destruídos como consequência desse problema.

A danificação de prédios e monumentos históricos, como também a corrosão de veículos são mais alguns problemas da chuva ácida, que se não amenizada pode tornar um ambiente totalmente impróprio para viver por conta dos danos e da poluição.

Ações de prevenção

Foi assinado no ano de 1997 o Protocolo de Kyoto, na cidade de Kyoto no Japão, por centenas de países com o objetivo principal de impor uma meta para a redução na produção dos gases estufa (gases poluentes responsáveis pelo efeito estufa), entre eles os causadores da chuva ácida. A implantação de um sistema de tratamento para os gases industriais também é importante, assim como a utilização de novas fontes de energias limpas como a energia eólica, a energia solar e a substituição de combustíveis fósseis por biocombustíveis.


Reportar erro