Significado da bandeira da Argentina

A bandeira argentina traz as cores azul-celeste, branco, ouro e marrom, com um sol no centro. Conheça o significado desse símbolo oficiai da Argentina


Oficialmente adotada em 27 de fevereiro de 1812, a bandeira da Argentina é um dos símbolos oficiais da República Argentina, ao lado do Laço Nacional, do Escudo da República e do Hino Nacional.

A bandeira argentina traz as cores azul-celeste, branco, ouro e marrom, com um sol no centro, tendo sido criada na cidade de Rosário pelo jornalista, político, intelectual e advogado Manuel Belgrano.

História

Em fevereiro do ano de 1812, o General Manuel Belgrano, herói da guerra da independência argentina, propôs ao governo a criação de um símbolo nacional que pudesse ser usado no exército. Uma roseta de cores azul celeste e branca foi aprovada, o que levou o general a desenhar uma bandeira com as mesmas cores.

A bandeira argentina foi hasteada pela primeira vez na cidade de Rosário, às margens do rio Paraná, local em que os seus soldados fizeram um juramento a um dos símbolos oficiais do país.

Significado da bandeira da Argentina

Foto: Romina Chamorro/ Free Images

Desenho

A Bandeira Nacional Argentina possui três listras horizontais de larguras iguais, com as cores azul celeste e branco. O centro apresenta o Sol de Maio (também conhecido como Sol Incaico), nas cores ouro e marrom, de onde se estendem 32 raios ondulados, sendo 16 retos e 16 ondulados.

Após um trabalho de pesquisa que durou mais de dez anos, em 2010, o ano do Bicentenário da Argentina, um decreto presidencial oficializou as regras para o desenho e cores da bandeira do país.

As cores oficiais da bandeira argentina são: o azul celeste para as listras superior e inferior; o branco para a listra central; o amarelo dourado para o sol; e o marrom para os detalhes escuros no rosto do sol.

Significado

Existem diferentes hipóteses para explicar o significado dos símbolos e cores da bandeira argentina. Os argentinos comumente atribuem o significado das cores ao céu, às nuvens e ao sol, como fazem alguns hinos à bandeira, como ‘Aurora” e “Saudação à Bandeira”.

De acordo com alguns historiadores, as cores da bandeira estariam relacionadas com a devoção à Virgem Maria e lealdade à Casa de Bourbon.

Segundo outras hipóteses, o azul da bandeira nacional argentina simboliza os ideais de justiça, verdade e fraternidade.

O Sol de Maio foi desenhado pelo ourives Juan de Dios Rivera, um peruano apelidado de “El Inca”, por ser descendente dessa civilização. Foi “El Inca” que, quando fez a primeira moeda do país, sugeriu o símbolo de Inti, o deus do sol inca, como emblema da nação argentina.

A sua presença na bandeira nacional argentina faz referência à Revolução de Maio, que ocorreu entre 18 e 25 de maio de 1810, marcando o início do processo de independência da Espanha dos países que anteriormente formavam o Vice-Reino do Rio da Prata, que continha territórios da Argentina, Bolívia, parte do sul do Brasil, parte norte do Chile, Paraguai, partes do sul do Peru e todo o Uruguai, além das Ilhas Malvinas.


Reportar erro