Tornado

Saiba o que é um tornado e como se forma este destrutivo fenômeno natural, que forma um espiral de vento reunindo a força e umidade


O que é um tornado?

O tornado, também conhecido como ciclone, é uma coluna de ar que se desloca em sentido giratório sobre um centro com baixa tensão, numa velocidade de 30 km/h a 60 km/h. Tecnicamente um redemoinho atmosférico em forma de um funil de vento. A palavra “tornado” é derivada do espanhol “tornada”, que significa tempestade. Algumas áreas são mais propicias para a ocorrência dos tornados como o centro dos Estados Unidos, alguns países da América do Sul como Argentina e Uruguai, e no Brasil temos a região Sul como a mais propensa.

Tornado

Foto: Reprodução

Diferentemente dos temidos furacões, os tornados são de menor intensidade e com menor poder destrutivo. Eles são compactos apresentando aproximadamente 100 metros de extensão e de curta duração, ocorrendo apenas por alguns minutos. Contudo, este fenômeno pode ser bastante destrutivo, como ocorreu quando atingiu a região de Shaturia, Bangladesh no ano de 1989 matando o aproximado de 1.300 pessoas e deixando mais de 50 mil desabrigadas.

Como se formam os tornados

O tornado ocorre quando uma nuvem em movimento toca a terra e quando acontece sobre as águas ele recebe o nome de tromba d’água. As águas quentes dos oceanos tropicais e o movimento de rotação da Terra fornecem umidade e calor às tempestades que agrupam força e começam a girar tornando-se cada vez mais violentas e destrutivas. Confira abaixo o passo a passo de sua formação.

Formação do tornado

Foto: Reprodução

  1. A massa de ar quente próxima ao solo recebe uma espécie de tampa de ar frio, o que impede a formação de nuvens. O ar quente irá romper esta tampa e invadir a massa de ar frio caso haja aquecimento excessivo da massa de ar quente que esteja próxima ao solo ou com a entrada de uma frente fria.
  2. Com velocidade que pode chegar a 250 km/h o ar quente sobe e se expande e a instabilidade presente na atmosfera pode fazer com que o movimento de expansão tome forma de espiral.
  3. O excesso de umidade condensada cai em forma de chuva e com a evaporação o tornado se forma abaixo da tampa, local onde a chuva não pode chegar.

Os cientistas ainda não têm certeza sobre a velocidade exata no interior do tornado pela impossibilidade do uso de instrumentos para a medição, pois todos são destruídos devido à força arrebatadora dos ventos, no entanto estima-se que em seu interior a velocidade seja superior a 400 km/h.


Reportar erro