O que é intolerância religiosa e qual religião é mais atingida no Brasil

A intolerância religiosa é um mal que atinge não só o Brasil mas como todo o mundo. Ela acontece quando alguém tem atitudes e ideologias que caracterizam a falta de respeito pelas religiões que possuem crenças e hábitos diferentes das suas.

Muitas vezes essa falta de compreensão e respeito transforma-se em perseguição. E isso acaba sendo definido como um crime de ódio que fere a liberdade e dignidade humana, pois a liberdade de expressão e de culto são asseguradas pela Declaração Universal dos Direitos Humanos e pela Constituição Federal.

A perseguição religiosa pode ocorrer de diversas formas e níveis diferentes. Pode acontecer desde crianças e adolescentes que são vítimas de bullying nas escolas, sofrendo constantemente ofensas pessoais, até casos que chegam a custar a vida de pessoas de um determinado grupo.

O que é intolerância religiosa e qual religião é mais atingida no Brasil

Foto: depositphotos

A intolerância e perseguição também acontece em formas de torturas, confisco de bens, negação de benefícios e de direitos e liberdades civis. O Brasil é considerado um país de Estado Laico, ou seja, que possui uma posição neutra no campo religioso e se mantém imparcial diante às diferentes religiões.

Isso significa que teoricamente o Brasil separa o Estado da Igreja, o que assegura uma governabilidade que não se deixa influenciar por nenhum tipo de crença ou costume de cunho religioso.

Só em 2014, foram registrados pelo Disque 100 cerca de 150 de denúncias contra intolerância religiosas, só no Brasil. A maioria de vítimas são pessoas que seguem religiões de matriz africana, como candomblé e a umbanda.

Segundo dados do Ministério Público Estadual da Bahia (MPE-BA), em 2016 aumentou-se em 300% o número de denúncias contra o crime, comparado ao ano anterior.

O tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio foi “Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil”. Segundo a presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o intuito era provocar uma reflexão nos jovens sobre o assunto.

Sobre o autor

Avatar
Formada em Jornalismo pela Unicap, pós-graduada em Comunicação Empresarial e Mídias Digitais pela Devry, fez intercâmbio na ETC School (em Bournemouth (UK)), professora de inglês e tem experiência nas áreas de assessoria de comunicação, produção de vídeo e foto e redação.