,

O que é Meat Free Monday?

O que uniria a família McCartney, além de um belo rock roll? É o movimento Meat Free Monday, algo traduzido literalmente como Segunda Livre de Carne. A iniciativa foi lançada por Paul, Mary e Stella McCartney em 2009 e já ganhou o mundo.

A ideia é conscientizar as pessoas sobre o impacto ambiental que tem a produção de carne para o consumo humano e reduzir ao menos em um dia da semana o seu consumo. Confira mais informações sobre o Meat Free Monday agora.

Pilares da Meat Free Monday

Segundo o site oficial do Meat Free Monday, ele é uma “campanha sem fins lucrativos que visa aumentar a conscientização sobre o impacto ambiental negativo do consumo de carne e incentivar as pessoas a ajudar a desacelerar a mudança climática e preservar recursos naturais preciosos, e melhorar sua saúde, tendo pelo menos um dia livre de carne a cada semana”. Para isso, os pilares da iniciativa são:

Ajude o planeta

A pecuária é uma das principais atividades que colocam em risco o nosso meio ambiente. A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação afirma que o setor responde a 14,5% das emissões de gases de efeito estufa. E esses gases precisam ser reduzidos da atmosfera em 80% até o ano de 2050 sob a condição de salvar o mundo de catástrofes climáticas.

Seja mais saudável

As pesquisas científicas na área de saúde já alertaram a população a respeito dos malefícios da carne processada, pois ela é classificada como cancerígena e foi colocada no mesmo grupo de risco que o cigarro, por exemplo. Já a carne vermelha é vista como potencialmente cancerígena, e tem peso no desenvolvimento de doenças cardíacas e AVCs.

Veja tambémCarne processada dá câncer? Descubra

Economize dinheiro

A carne custa caro. Por isso, um dos pilares do Meat Free Monday é a economia. O gasto com vegetais e frutas frescas custam bem menos ao orçamento das famílias, além de ser infinitamente mais saudáveis. O valor nutritivo de alimentos semelhantes ao da carne, como lentilhas ou feijões custam bem mais barato.

Ame os animais

A comercialização de carne dá origem a um mercado cruel da criação e abate deles somente para servir de comida. Eles sofrem bastante durante toda a vida, sendo criados de maneira inapropriada apenas para corresponder às expectativas de mercado. Eles sofrem mutilações e têm suas vidas ceifadas com violência e crueldade.

Contribua para o fim da fome no mundo

A alimentação dos animais para abate é rica em cereais. Cereais esses que poderiam estar alimentando pessoas em situação de miséria ao invés de serem distribuídos para suínos, bovinos e galinhas. Estatísticas mostram que para produzir um quilo de carne são gastos 12 quilos de grãos.

Evite a extinção de espécies

A campanha Meat Free Monday afirma que o consumo maciço de carne animal vai levar a extinção das espécies em 100 anos. Logo, suspender o consumo de carne vai fazer com que você dê a sua parcela de contribuição para a extinção de alguns animais para o futuro do planeta.

Veja também: Até 2020, 67% dos animais selvagens vão estar extintos do planeta

Onde atua o Meat Free Monday?

O Meat Free Monday já possui diversos seguidores, incluindo vários nomes famosos

Meat Free Monday, traduzido literalmente, quer dizer Segunda Livre de Carne (Foto: depositphotos)

A Família McCartney utiliza todo o seu poder de influência para atrair famosos para a campanha. O próprio Paul McCartney utiliza a sua turnê para conquistar adeptos da iniciativa para a Segunda Livre de Carne ou, simplesmente, Segunda sem Carne.

No Brasil, as cidades de Porto Alegre, São Paulo, Belo Horizonte e Salvador que sediaram a turnê do ex-ídolo dos The Beatles em 2014, receberam ações de divulgação da campanha.

Além disso, o movimento tem projetos em escolas, junto aos estudantes, fornecedores de alimentação para centros educacionais, professores e dentro das próprias famílias.

Nas escolas, por exemplo, a campanha Meat Free Monday fornece sua própria coleção de planos de aula e materiais para envolver professores e alunos.

E nas cantinas, o movimento propaga a orientação do governo para os Padrões Alimentares Escolares, que o consumo de carne seja reduzido. Por isso, muitas cantinas escolares e fornecedores de merendas já estão incluindo nos seus cardápios a iniciativa.

Veja também: Por que não se pode comer carne na Sexta-feira Santa?

Quem apoia o Meat Free Monday?

O movimento Meat Free Monday tem uma força incrível, graças aos seus apoiadores famosos. Além do ex-Beatle, Paul McCartney, há pessoas importantes que adotaram a campanha. Veja alguns:

Jamie Olier, famoso chef britânico que comanda programas de TV

“Meat Free Monday é a desculpa mais brilhante para se focar na incrível variedade de vegetais por aí – os sabores, texturas e pratos maravilhosos que você pode criar são inacreditáveis. Então, aqui está a segunda-feira livre de carne e, francamente, as quartas-feiras livres de carne também”.

Emma Thompson, atriz inglesa

“Todos nós queremos fazer a nossa parte para ajudar a preservar o planeta para as gerações futuras e a Meat Free Monday torna isso tão simples e fácil de fazer!”

Gwyneth Paltrow, atriz norte-americana

“Estamos todos procurando uma maneira de contribuir para a preservação do nosso planeta. Ter uma segunda-feira livre de carne é uma ótima maneira de fazer a sua parte, enquanto se come de uma forma mais gentil e consciente”.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Federal da Paraíba com especialização em Comunicação Empresarial. Passagens pelas redações da BandNews e BandSports, TV Jornal e assessoria de imprensa de órgãos públicos.