O que é socialismo? Conheça sua origem e motivação

O socialismo é um sistema econômico que se opõe ao capitalismo. No primeiro existe um modo de distribuição de renda

O socialismo é um sistema econômico que se opõe ao capitalismo. No primeiro existe um modo de distribuição de renda e organização social que busca ser equilibrada e justa. Diferente do que acontece no capitalismo, onde existe diversas barreiras de desigualdade social.

O principal propósito do socialismo é proporcionar a todos um modo de vida mais justo e sem classes. Ou seja, um lugar onde todas as pessoas possuem os mesmos ganhos e despesas e condições de vida e desenvolvimento iguais.

Cuba é atualmente o país que mais representa o sistema socialista. Mas por enfrentar um grande bloqueio dos Estados Unidos e por muitas vezes os líderes usarem a repressão e a ausência de democracia, o sistema costuma ser criticado por grande parte do mundo.

O que é socialismo? Conheça sua origem e motivação

Foto: depositphotos

Apesar da igualdade social que existe em Cuba e de ser um país que possui um dos melhores sistemas educacionais e de saúde, os cubanos também sofrem bastante com as dificuldades econômicas.

A origem do socialismo

No século 19, a linha de pensamento do socialismo teve como principais precursores Saint-Simon, Charles Fourier, Louis Blanc e Robert Owen, Karl Marx e Friedrich Engels.

O principal intuito era confrontar o capitalismo, considerado grande responsável pela relação abusiva entre grandes indústrias e trabalhadores, que viviam a mercê de baixos salários, grandes jornadas de trabalhos, entre outras dificuldades.

Mas somente no século seguinte as ideias do socialismo foram colocadas em prática. O primeiro país a adotar o pensamento no regime político foi a Rússia, em 1917. A mudança aconteceu durante a Revolução Russa, quando a monarquia foi retirada do poder e instaurou-se o socialismo.

Após a Segunda Guerra Mundial, alguns países do leste europeu também aderiram ao regime. Logo depois, diversos outros lugares do mundo também abraçaram o socialismo, como China, Cuba, alguns países africanos e outros do sudeste asiático.

Com a queda da União Soviética, em 1991, o socialismo começou a entrar em declínio e perdeu a força em todo o mundo. Atualmente somente China, Vietnã, Coréia do Norte e Cuba ainda são socialistas.

Sobre o autor

Avatar
Formada em Jornalismo pela Unicap, pós-graduada em Comunicação Empresarial e Mídias Digitais pela Devry, fez intercâmbio na ETC School (em Bournemouth (UK)), professora de inglês e tem experiência nas áreas de assessoria de comunicação, produção de vídeo e foto e redação.