Significado da bandeira de Malta

Existem várias formas de identificar um país, algumas delas são sua localização em relação ao Mapa Mundi ou aos continentes, suas coordenadas geográficas, o formato de seu território, mas também seus símbolos oficiais, como seu hino nacional, sua bandeira, seu brasão de armas, dentre outros.

As bandeiras são simbolismos importantes porque carregam consigo mais do que meras formalidades, mas aspectos relativos a história, cultura, religião e natureza dos países. Algumas bandeiras são bastante simples, compostas apenas por cores dispostas em faixas horizontais ou verticais.

Ainda assim, as próprias cores possuem simbolismos. Outras bandeiras são ricas em detalhes, possibilitando ao observador uma rápida compreensão dos detalhes que se quer enfatizar. De qualquer forma, as bandeiras são parte integrante da própria identidade de um lugar, por isso, é importante ter conhecimento sobre elas.

A bandeira de Malta e o significado das suas cores e símbolos

Significado da bandeira de Malta tem relação com sua colonização

Essa bandeira possui duas cores e a Cruz de Jorge (Foto: depositphotos)

A bandeira de Malta é relativamente simples, com apenas duas cores. A bandeira é dividida ao meio, em sentido vertical, formando dois lados de proporções iguais. A porção esquerda em branco, a porção direita em vermelho. Em relação as dimensões adotadas oficialmente por Malta, são considerados exatos os padrões com proporções de 2:3.

Em relação as cores, existem algumas contradições, mas parece que a bandeira bicolor, vermelha e branco, denota do ano de 1090, quando o conde Roger (Rogério I da Sicília), da Sicília, tomou a ilha aos muçulmanos.

Cruz de Jorge

O diferencial da bandeira de Malta é que foi colocada nela, sobre o retângulo branco, uma Cruz de Jorge, cujas bordas são vermelhas. A referida cruz é a mais alta condecoração civil do Reino Unido, sendo adotada por vários outros países também como símbolo de condecoração, especialmente aqueles ligados ao Commonwealth (organização formada pelos países que integravam o Império Britânico).

Veja também: Commonwealth

A referida cruz foi concedida a Malta por George VI, no ano de 1942. Há, no entanto, um cuidado em relação a cruz, uma vez que existe um outro símbolo chamado de “cruz de Malta”.

Essa cruz possui uma relação direta com a Ordem dos Cavaleiros de Malta e com o próprio território de Malta, mas, apesar disso, não foi inserida na bandeira do país. Assim, a cruz existente na bandeira não é a conhecida cruz de Malta.

Bandeira da marinha mercante

Malta possui outros símbolos oficiais, como a Bandeira da marinha mercante maltesa, a qual necessita de autorização da marinha mercante para circular pelos oceanos.

Brasão de armas

Malta tem ainda um brasão de armas oficialmente adotado desde o ano de 1988, sendo que antes teve outros modelos, um entre 1964 e 1975 e outro entre 1975 e 1988. No brasão, são preservadas as cores branca e vermelha, bem como a cruz ocupando a porção branca.

São acrescentadas as fortificações de Malta, bem como uma coroa de flores de dois ramos, de um lado o dexter de oliveira, de outro a sinister de palma, ambos típicos de Malta. Abaixo da imagem, há uma fita branca com a frase “Repubblika Ta’ Malta”.

Hino nacional

Malta tem ainda um hino nacional, o qual expressa elementos que a população julga relevantes, puxando para um contexto mais religioso.

Vale lembrar que Malta possui uma população com mais de 93,89% da população de formada por pessoas da religião católica romana, o que torna o país um dos países mais católicos do mundo, o que justifica seu hino ter um cunho religioso.

Conhecendo as características de Malta

Malta é um dos cinco menores países em extensão territorial do continente europeu

Malta é um dos países mais católicos do mundo (Foto: depositphotos)

A República de Malta, ou apenas Malta, é um país localizado no continente europeu, especificamente na porção Sul deste. Malta é parte de um arquipélago localizado no Mar Mediterrâneo (localizado entre a Europa e a África), o qual é formado pelas Ilhas Maltesas.

O referido arquipélago é constituído por ilhas de maiores dimensões, as quais são habitadas, como Malta, Gozo e Comino, e ainda ilhas menores, as quais são desabitadas, como Cominotto, Ilha Manoel, Filfola e ilha de São Paulo. Das referidas ilhas, a de Malta é a que apresenta o maior território, bem como a maior população.

Veja também: Quantos países fazem parte da Europa?

Malta é um dos cinco menores países em extensão territorial do continente europeu, juntamente com a Cidade do Vaticano (0,44 km²), com Mônaco (1,95 km²), com San Marino (61 km²) e Liechtenstein (62 km²).

População

O território de Malta possui apenas 316 km² de extensão, e justamente por isso, possui uma elevada densidade demográfica. Isso significa que existem muitas pessoas habitando cada km² de Malta, com cerca de 1.265 habitantes por quilômetro quadrado do país.

A população de Malta é composta predominantemente por pessoas naturais daquele país, sendo que os demais são oriundos da Inglaterra, descendentes de italianos e espanhóis.

Economia

Malta é um dos países integrantes da União Europeia desde o ano de 2004, grupo que reúne países da Europa como um agrupamento regional.

Malta é integrante da Zona do Euro desde o ano de 2008, e as principais atividades desenvolvidas no país são o comércio grossista e retalhista e os serviços de transportes, alojamento e restauração, a administração pública, a defesa, a educação, a saúde e os serviços sociais, as atividades liberais, científicas e técnicas e as atividades administrativas e dos serviços de apoio, segundo dados do site da União Europeia.

O grande problema de Malta é a limitação do seu território, o que faz com que tenha que importar boa parte daquilo que consome, tendo, inclusive, água potável em restrição. Antes de adotar o Euro como moeda oficial, Malta tinha Lira maltesa como moeda.

Malta tem apresentado um bom desenvolvimento socioeconômico, com um elevado Índice de Desenvolvimento Humano – IDH, bem como elevado padrão de vida da população.

A taxa de mortalidade infantil é baixíssima, os índices de educação são elevados, o que faz de Malta um país desenvolvido.

Veja também: Incrível: saiba onde fica a ciclovia que brilha no escuro

Turismo

Malta é um país que depende bastante do seu setor turístico, justamente pela sua limitação territorial, o que inviabiliza outras atividades. Existem vários pontos turísticos importantes em Malta, mas o destaque é para sua capital, Valletta, onde existem vários monumentos relativos a Ordem de São João de Jerusalém, mais tarde conhecidos como Cavaleiros de Malta.

Além disso, o centro histórico de Malta é considerado como Patrimônio Mundial da UNESCO desde o ano de 1980.

 

Referências

» UNIÃO EUROPEIA. Malta. Disponível em: https://europa.eu/european-union/about-eu/countries/member-countries/malta_pt. Acesso em 12 de março de 2018.

Sobre o autor

Avatar
Mestre em Geografia e Graduada em Geografia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Especialista em Neuropedagogia pela Faculdade Alfa de Umuarama (FAU) e em Educação Profissional e Tecnológica (São Braz).