A vida nas estrelas: estabilidade atômica

Como se dá a estabilidade atômica? Entenda o que são os átomos e como são as suas cargas de prótons, elétrons e nêutrons


Um átomo é uma unidade  básica de matéria que é composta por um núcleo central de carga elétrica positiva envolto por uma nuvem de elétrons – carga negativa. Seu núcleo é composto por prótons e nêutrons, exceto quando se trata do hidrogênio, cuja estabilidade é alcançada simplesmente com elétrons.

Possuem um diâmetro de apenas algumas décimas de nanômetros e tem pouca massa quando comparado ao volume. A observação dos átomos somente pode ser feita por meio de microscópio de corrente de  tunelamento, ou instrumentos apropriados. Aproximadamente 99,94% de sua massa atômica encontra-se no núcleo, e cada elemento possui, pelo menos, um isótopo que tem um nuclídeo instável, que pode passar por decaimento radioativo. Isso teria como consequência a alteração no número de prótons ou nêutrons dentro do núcleo.

A ligação dos elétrons dos átomos com seu núcleo acontece por meio de força eletromagnética, assim como a ligação entre os átomos pode acontecer por meio de ligações químicas que baseiam-se nessa mesma força, e acabam formando uma molécula.

A vida nas estrelas: estabilidade atômica

Foto: Pixabay

Átomos – carga positiva ou negativa

Quando um átomo tem em seu núcleo a mesma quantidade de elétrons e prótons, é chamado de neutro, mas se tiver um número diferente de elétrons e prótons, isso fará com que sua carga seja positiva ou negativa. Ele é denominado, dessa forma, como íon.

A classificação dos átomos se dá por meio do número de prótons em seu núcleo, que determina qual é o elemento químico, enquanto o número de nêutrons determina o isótopo do elemento. Quando o átomo tem mais prótons do que elétrons, ele tem carga positiva, e quando tem mais elétrons do que prótons, tem carga negativa.

Estabilidade atômica

A camada de valência é a camada eletrônica mais externa do átomo. É ela que tem envolvimento nas ligações químicas e interações entre os átomos.

Os nêutrons são responsáveis pela estabilidade do núcleo atômico, e não possuem carga elétrica. A teoria aceita para que, por exemplo, átomos pesados – com muitas partículas nucleares -, não desintegrassem por meio da carga positiva dos prótons por se repelirem mutuamente, é a de que os nêutrons, justamente por não apresentarem cargas elétricas, serviriam como um isolante entre os prótons, impedindo ou dificultando a aproximação entre eles e a sua consequente desintegração atômica.


Reportar erro