As características da reportagem

A reportagem é um tipo de texto jornalístico mais elaborado. Por essa razão, demanda mais tempo para ser produzida do que a matéria. Saiba mais!


O jornalismo não é uma simples profissão, pois, assim como as demais, possui uma larga importância na sociedade. É através desse meio que as pessoas podem ter voz para denunciar problemas e divulgar fatos e trabalhos coletivos. Ainda por intermédio do jornalismo é possível informar a população com critérios e fundamentações sobre a realidade política, social e econômica que a circunda.

Para levar as informações até você, o trabalho jornalístico necessita de pessoas e de meios de comunicação. É um verdadeiro ciclo, a notícia vem das pessoas, passa pelos jornalistas e, quando o conteúdo está finalizado, é transmitido de volta para o povo, por meio do rádio, jornal, revista, tevê ou internet. A maneira como a informação é emitida também recebe nomes específicos, podendo ser nota, matéria ou o assunto que vamos conhecer hoje: a reportagem.

O que é reportagem?

Muitas pessoas se confundem reportagem e matéria e acabam classificando tudo isso em um só, o que está errado. A matéria é um texto mais factual, isto é, que aborda temas que acontecem naquele momento, como um acidente, um roubo, assalto, uma nova tecnologia desenvolvida, e o teor do assunto abordado é mais resumido.

As características da reportagem

Foto: Pixabay

A reportagem é diferente, uma vez que ela é mais elaborada e, por isso, demanda mais tempo para ser produzida. Seu conteúdo é sempre mais extenso e mais completo que o das matérias. Nesse tipo de texto jornalístico, muitas fontes são consultadas, uma vez que se faz necessário ouvir e relatar todos os lados de uma mesma história, buscando assim ser imparcial e neutro, principalmente em assuntos polêmicos.

Outra característica da reportagem é que ela pode ser construída através de uma matéria. Por exemplo, em uma matéria é relatado um acidente em determinada rodovia e em uma situação hipotética, nessa mesma rodovia já ocorreram outros acidentes. Então, um repórter pode ir a fundo nesse tema e tentar encontrar respostas para esses acidente. Para isso se faz necessário conversar com autoridades, motoristas e outras fontes, caracterizando uma reportagem, uma vez que não se resume a um caso isolado.

Estrutura de uma reportagem

A reportagem, assim como os outros textos jornalísticos, possui um título, linha que resume o texto; um lead, parte inicial da reportagem que traz as informações principais; e o corpo de texto, em que o repórter vai poder desenvolver o tema e trazer novas informações e declarações/entrevistas.

Para fazer uma boa reportagem, o repórter deve-se valer de uma linguagem clara e objetiva, visto que a finalidade desse tipo texto é atingir e ser entendido por todos, sem exceções. Deve conter vários entrevistados, que vão de cidadãos até órgãos públicos ou privados, que dependem de cada tema abordado. Outra parte fundamental no texto jornalístico é a imparcialidade, ausentando a opinião do profissional e usando as falas dos envolvidos, permitindo assim que, os leitores, ouvintes e/ou telespectadores tirem suas próprias conclusões.

 

*Katharyne Bezerra é jornalista do Estudo Prático.


Reportar erro