Banco de dados

Um banco de dados é uma estrutura bem organizada de dados que permite a extração de informações. Saiba mais sobre o assunto!


São vários os tipos de banco de dados existentes e, com o passar dos anos e a evolução dos computadores, tornou-se possível o armazenamento de dados no formato digital.

No entanto, a expressão “banco de dados” não é tão simples assim, uma vez que possui duas aplicações distintas e muitos consideram que “dados” e “informações” são palavras sinônimas, o que não é verdade.

Dados e informações

Antes de entender o que é um banco de dados, é importante saber a diferença entre as palavras “dados” e “informações”. Os dados são os fatos brutos, em sua forma primária, e podem não fazer nenhum sentido quando estão isolados; já as informações são o agrupamento de dados organizados, de forma que façam sentido e gerem algum conhecimento.

Banco de dados

Foto: Reprodução/ internet

O que é um banco de dados?

Uma das definições de banco de dados afirma que se trata de uma coleção de informações que se relacionam de modo que criem algum sentido, isto é, é uma estrutura bem organizada de dados que permite a extração de informações. Assim, são muito importantes para empresas e tornaram-se a principal peça dos sistemas de informação.

Além dos dados, um banco de dados também é formado pelos metadados. Um metadado é todo dado relativo a outro dado, sem o qual não seria possível organizar e retirar as informações de um banco de dados.

Alguns afirmam que a expressão é sinônimo de SGBD (Sistema Gerenciador de Banco de Dados), que é um programa de gerenciamento de dados. O termo “banco de dados” também é usado para definir uma base de dados, que é um grupo de dados agrupados por um SGBD.

O SGBD usa uma linguagem para criar a base de dados, sendo que, atualmente, a mais usada é a SQL (Structured Query Language). São vários os SGBDs disponíveis no mercado; alguns são pagos e outros gratuitos.

Alguns dos tipos de SGBD existentes no mercado:

  • SQLServer: Um dos maiores do mundo, sob licença da Microsoft;
  • MySQL: Trata-se de um software livre, com código fonte aberto;
  • FirebirdSQL: Possui código fonte aberto e roda na maioria dos sistemas Unix;
  • Microsoft Access: É um Sistema Gerenciador de Banco de Dados que acompanha o pacote Office da Microsoft. Este SGBD tem poucas atribuições profissionais, sendo mais usado para aprendizagem, devido à sua interface amigável;
  • mSQL: Sistema pequeno e que trabalha mais com o uso eficiente da memória. Foi criado pela Hughes Technologies Pty Ltd.

No armazenamento de um dado, é necessário criar tabelas, dentro das quais são criadas colunas, onde serão guardadas as informações. Para que os dados presentes na base de dados fiquem bem organizados, as tabelas devem ser criadas para que não misturem as informações.


Reportar erro