Descubra como identificar ladrões nas redes sociais

Para evitar golpes, o engenheiro de segurança da Norton, Nelson Barbosa, indica algumas medidas para prevenir situações de risco na internet. Confira


Com toda a tecnologia que existe atualmente, fica cada vez mais difícil preservar as intimidades e os dados pessoais das pessoas.

De acordo com a 27ª Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação em Empresas, da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo, há 168 milhões de smartphones sendo utilizados só no Brasil. Este número impressionante só revela o quanto os indivíduos estão conectados e a grande razão para essa quantidade toda são as redes sociais.

Só no Facebook estão, em média, 1,65 bilhão de usuários ativos por mês. São mais de um bilhão de pessoas compartilhando informações sobre suas vidas, seus gostos e as vezes informações bem pessoais que deveriam ser preservadas.

Descubra como identificar ladrões nas redes sociais

Foto: depositphotos

Mas, se por um lado este meio ajuda a fazer novas amizades, por outro lado é uma oportunidade para os cibercriminosos fazerem novas vítimas. Para evitar golpes, o engenheiro de segurança da Norton, Nelson Barbosa, indica algumas medidas para prevenir situações de risco na internet.

Como se proteger de cibercriminosos?

É necessário que as pessoas tenham consciência que os criminosos aproveitam de toda situação dentro das redes sociais para arrancar informações pessoais das vítimas e depois vendê-las no mercado marginal. Um exemplo clássico é o golpe através de matérias falsas, que são compartilhadas como se fossem posts de páginas na rede.

Assim, o leitor desatento pode acabar sendo enganado com facilidade, pois ao clicar no título da matéria ele pode ser redirecionado a outra página responsável por aplicar o golpe. Sendo assim, é preciso ficar atento ao que circula na internet e ter em mente algumas dicas para se safar desses criminosos. São elas:

  • Mantenha a desconfiança: Sites que pedem algo em troca da visualização da matéria devem levantar a desconfiança do leitor, por isso jamais forneça nenhum dado para conseguir ler tais informações. Lembre-se de desconfiar também de matérias que são compartilhadas pelos seus parentes e amigo próximos, as vezes os perfis destas pessoas podem ter sido infectados por hackers e por esta razão disseminam o ataque;
  • Pesquise na internet: Se o título da matéria lhe deixou curioso, mas o site não é confiável, então pesquise pelo título na internet. Caso a matéria for verdade, ela vai estar em outros sites, se não, pode até aparecer que é mentira e um golpe;
  • Verifique a URL do site: Antes de clicar em qualquer matéria é interessante verificar a URL do site e assim saber se ele é ou não seguro. Uma dica é utilizar o site da Norton Safe Search, para saber da confiabilidade da URL.

Medidas tomadas após um golpe cibernético

Se você já foi vítima em uma situação semelhante, é necessário tomar algumas medidas. Primeiro é necessário comunicar à rede social utilizada, como o Facebook ou Twitter, para que ela possa tomar uma atitude de combate ao tal crime. Além disso, comunique a todos os familiares e amigos, alertando ao máximo de pessoas possíveis.


Reportar erro