Divisões da Gramática

Quando falamos em gramática, nós já pensamos naquele livro repleto de normas e regras para que nós possamos escrever e falar corretamente. Esta gramática…


Quando falamos em gramática, nós já pensamos naquele livro repleto de normas e regras para que nós possamos escrever e falar corretamente. Esta gramática é apenas uma das gramáticas existentes e apresenta, ainda, algumas subdivisões.

Divisões da Gramática

Foto: Reprodução

Os tipos de Gramática

  • Gramática normativa – A gramática normativa é aquela que busca a padronização da língua com a denominada norma culta padrão. Estabelece as regras para falar e escrever corretamente. É a gramática ensina nas instituições escolares e em livros didáticos.
  • Gramática descritiva – A gramática descritiva preocupa-se com os fatos da língua, objetivando investigá-los como tais, sem estabelecer regras do que é certo e o que é errado. Esta gramática enfatiza as variedades linguísticas.
  • Gramática histórica – A gramática histórica ocupa-se do estudo da origem e evolução história de uma determinada língua.
  • Gramática comparativa – A gramática comparativa faz o estudo comparado de uma família de línguas. A Língua Portuguesa, por exemplo, é parte da Gramática Comparativa das línguas românicas.

As divisões da Gramática

Os diversos assuntos abordados pela Gramática pertencem a divisões específicas desta área de estudo. Confira essas divisões e as suas principais características:

Fonologia

Proveniente do grego phonos = voz/som; logos = palavra/estudo, a Fonologia é a parte que estuda o sistema sonoro de um idioma. É a área de estudo que se preocupa com a maneira pela qual os sons da fala (os fones) se organizam dentro de uma língua, classificando-os em unidades capazes de distinguir significados: os denominados fonemas. Destacam-se, também, o estudo das vogais, semivogais, consoantes, dígrafos, encontros vocálicos e consonantais, estrutura silábica, acento, entonação, dentre outros.

Morfologia

Trata do estudo da estrutura, da formação e da classificação das palavras através de elementos morfológicos (ou mórficos), que são as unidades que formam uma palavra. Os elementos morfológicos compreendem o radical, o tema, a vogal temática, a vogal ou consoante de ligação, afixo, desinência nominal ou verbal. A morfologia estuda as palavras isoladamente e não dentro de uma frase ou período e está agrupada em dez classes de palavras (ou “classes gramaticais”), a saber: substantivo, artigo, adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição, conjunção e interjeição.

Sintaxe

Tem por finalidade estudar as relações que se estabelecem entre os termos das orações e dos períodos. Compreende o estudo do sujeito e predicado (termos essenciais da oração); os complementos verbais, complemento nominal e agente da passiva (termos integrantes da oração) e o adjunto adnominal, adjunto adverbial, aposto e vocativo (termos acessórios da oração).

*Débora Silva é graduada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas)


Reportar erro