Efeito estufa – Resumo das causas e consequências

Por Gabriely Araujo

Efeito estufa - Resumo das causas e consequências

Resumo detalhado das causas e consequências do efeito estufa, um processo que influencia bastante para o aumento do aquecimento global. | Imagem: Reprodução

O efeito estufa é um processo natural que impede que a temperatura em nosso planeta esfrie mais do que deveria, favorecendo assim a continuidade da vida na Terra. Porém em tempos de avanço quase que irrefreável da industrialização, ações do homem como a emissão de gases poluentes têm acelerado esse processo, fazendo com que a temperatura fique cada vez mais quente a cada ano.

Os principais gases causadores deste efeito são:

  • o dióxido de carbono (CO2), que é produzido pela queima de combustíveis fósseis,
  • óxido nitroso (N2O),
  • metano (CH4) e o cloro-flúor-carboneto (CFC).

A grande massa de gases emitidos por indústrias e carros (os gases do efeito estufa) forma uma camada sobre grandes cidades impedindo que o calor se dissipe por completo, fazendo o papel literal de uma estufa sobre aquela região. Isto é o que vem acontecendo em todo o planeta, os gases emitidos pelo mundo acumulam-se na atmosfera formando uma camada que impede que o excesso de raios solares seja refletido de volta para o espaço em forma de radiação infravermelha. Como uma estufa, essa camada de gases retém o calor na atmosfera, fazendo com que o planeta fique cada vez mais quente.

Devido a ações do homem, a concentração desses gases na atmosfera tem aumentado com o decorrer do tempo, cientistas afirmam que o século XX foi o mais quente dos últimos 500 anos. Países como China e Estados Unidos são alguns dos maiores emissores dos gases do efeito estufa, por serem nações extremamente industrializadas e consumidoras de combustível.

Consequências do Efeito Estufa

Com o aumento demasiado da temperatura do nosso planeta, vários problemas podem vir a ocorrer, como o desaparecimento de diversas espécies da fauna e flora.

O derretimento das calotas polares, a maior reserva de água doce do mundo, é outro problema. Com isso haverá o aumento no nível do mar e o desaparecimento de diversas ilhas e regiões litorâneas, causando uma total reconfiguração dos continentes como conhecemos hoje. Desastres naturais como maremotos, tufões, enchentes e furacões se tornarão mais suscetíveis a acontecer, podendo afetar a produção agrícola em todo o mundo, prejudicando o fornecimento de comida para a população.

Medidas para amenizar o problema

Vários países, organizações não governamentais e entidades do governo já alertados sobre os problemas causados pelo efeito estufa, já se reuniram em discussão sobre quais medidas tomar para amenizar esse processo. Em 1997 foi assinado o Protocolo de Kyoto que prevê a redução da emissão de gases poluentes. Contudo, países como Estados Unidos e China, altamente industrializados, dificultam esse processo ao afirmar que a redução na emissão desses gases prejudicaria o avanço em suas indústrias.

O Brasil, em 4º lugar no ranking dos maiores emissores de gases do efeito estufa, vem com uma campanha de sustentabilidade nos últimos anos para que esses efeitos sejam minimizados, sem afetar o progresso.