Evitando o emprego errado da letra ‘z’

Uma das dúvidas ortográficas mais frequentes ocorre com relação ao emprego correto da letra ‘z’. Conheça as principais regras para utilizá-la corretamente


A ortografia é a parte da gramática normativa que estabelece os padrões para a forma escrita das palavras e trata-se de um tema que confunde muitos falantes do nosso idioma. A formação da língua portuguesa foi um processo complexo e recebeu a influência de línguas africanas, latinas, indígenas e outras e, por esta razão, o uso correto da linguagem escrita pode não ser tão fácil.

Dominar a escrita correta das palavras é muito importante e, para isto, é essencial lermos e escrevermos bastante. Uma das dúvidas ortográficas mais frequentes ocorre com relação ao emprego correto da letra “z”.

O emprego da letra ‘z’

Para evitar o uso incorreto da letra z, preste bastante nas regras a seguir. A letra z é corretamente empregada nos seguintes casos:

1) Palavras terminadas em –izar (verbos) e –zação (substantivos).

Exemplos:

Catequizar – catequização
Civilizar – civilização
Colonizar – colonização
Profissionalizar – profissionalização
Escravizar – escravização
Romantizar – romantização
Inferiorizar – inferiorização

2) São grafadas com z as palavras derivadas em –zal, -zeiro, -zinho, -zinha, -zito, -zita, -zada, -zarrão, -zona, -zorro, -zudo.

Exemplos:

Cafezeiro, mãozorra, pastelzinho, cãozito, cafezal, cafezinho, avezinha, avelãzeira.

3) Nos derivados de palavras cujo radical termina em z.

Exemplos:

Cicatrizar – cicatriz
Enraizar – raiz
Apaziguar – paz
Cruzeiro – cruz

4) Derivados de palavras que possuem a letra z.

Exemplos:

Deslizar, vazamento, buzinar, vazante, desprezar, batizado, razoável, esvaziar, fuzilamento, prezado, prazeroso.

Ilustracao em forma de cubo com a letra 'z'

Ilustração: Pixabay

5) Nos sufixos –ez, –eza que formam substantivos abstratos femininos a partir de adjetivos.

Exemplos:

Ácido – acidez
Ávido – avidez
Bela – beleza
Esperto – esperteza
Estúpido – estupidez
Leve – leveza
Limpo – limpeza
Lúcido – lucidez
Macio – maciez
Nobre – nobreza
Pálido – palidez
Rápido – rapidez
Singelo – singeleza

6) Demais palavras que são grafadas com a letra z, entretanto não existe nenhuma regra gramatical específica para tais vocábulos.

Exemplos:

Azar, azeite, amizade, azedo, prezar, xadrez, talvez, vazio, vizinho, giz, fuzil, cicatriz, batizar, granizo, buzina, cruz, deslize, verniz, baliza, bissetriz.

O emprego correto da letra s

A letra s é corretamente utilizada nos seguintes casos:

1) Formas dos verbos “pôr” e “querer”.

Exemplos:

Puser – pudesse
Quiser – quisesse

2) Palavras que terminam em –ês, -esa, -isa, -osa, -oso, -ense.

Exemplos:

Holandês – holandesa
Freguês – frequesa
Duque – duquesa
Poeta – poetisa

Diminutivo e o emprego de z ou s

E no diminutivo, eu devo usar a letra z ou s? Para escrever corretamente, observe se a palavra possui a letra “s” na última sílaba e, se sim, mantenha o “s” no diminutivo.

Veja os exemplos a seguir:

Coisa – coisinha
Mesa – mesinha

Se a palavra não apresentar a letra s, o diminutivo será feito com z.

Café – cafezinho
Chá – chazinho

 

*Débora Silva é graduada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas). 


Reportar erro