O dia 24 de junho e o nascimento de São João

Em 24 de junho é celebrada uma festa cristã que costuma ser comemorada com festas juninas no Brasil inteiro. Saiba mais sobre o Dia de São João


Anualmente, no dia 24 de junho é celebrada uma festa cristã que costuma ser comemorada com festas juninas no Brasil inteiro: é o Dia de São João, data de nascimento de João Batista.

O profeta João Batista previu a chegada do Messias na pessoa de Jesus Cristo e também é o responsável pelo seu batismo. A comemoração, que faz parte das festas juninas no Brasil, é marcada por danças e pratos típicos que celebram o nascimento de São João Batista, conhecido como o “Santo festeiro”.

24 de junho e o seu significado cristão

Considera-se que o profeta João Batista é o santo mais próximo de Jesus Cristo, pois é seu parente de sangue e foi o responsável pelo seu batismo nas margens do rio Jordão. Há centenas de anos, a vida de São João Batista é interpretada pelos cristãos como sendo uma preparação para o aparecimento de Jesus, sendo que as condições de seu nascimento estão relatadas no Novo Testamento e também são milagrosas.

Os pais de João Batista, Zacarias e Isabel, não tinham filhos e já não estavam mais em idade de tê-los. Durante o seu serviço no Templo de Jerusalém, o Arcanjo Gabriel apareceu para Zacarias e lhe anunciou que a sua esposa iria dar à luz e que a criança deveria ser chamada de João.

Imagem de São João Batista

Foto: Depositphotos

O Dia de São João é um dos mais antigos festivais do Cristianismo, já aparecendo no concílio de Agde, em 506 d.C. Naquela época, era celebrado como o Natal: com três missas, sendo uma pela manhã, uma ao meio-dia e outra no pôr do sol.

O nascimento de João Batista ocorre três meses após a celebração da Anunciação, em 25 de março, e seis meses antes do Natal.

São João e as festas juninas

As denominadas “festas juninas” também são chamadas de “festejos de São João” por muitas pessoas, pois dia 24 de junho é o ápice das festividades, exatamente no dia do aniversário do “Santo festeiro”. Reza a lenda que, no dia 24, São João prefere dormir o dia inteiro para não ver as fogueiras na Terra e ficar com vontade de comemorar também. Desta maneira, os fogos de artifício seriam uma tentativa de acordá-lo.

Ao lado da Festa de São Pedro e Santo Antônio, a Festa de São João é uma das festas juninas mais famosas do Brasil, ocasião em que são realizadas diversas brincadeiras e são montadas barraquinhas com comidas e doces típicos, como bolo de milho, paçoca, bolo de aipim, curau, canjica, arroz doce, rapaduras, amendoim e outros. Dentre os símbolos mais conhecidos das celebrações estão a fogueira, o mastro, os fogos, a capelinha e palha.

Existem duas explicações para a origem do termo “festa junina”: uma seria pelo fato das comemorações acontecerem em junho; a outra, pela homenagem a São João.


Reportar erro