‘Perda’ ou ‘perca’: Qual a escrita correta? Esclarece aqui suas dúvidas

Ambas as palavras existem, no entanto, devemos conhecer as suas particularidades para que possamos empregá-las corretamente


“Perda de peso” ou “perca de peso”: qual é o correto? Tal questionamento é bastante comum, pelo fato de “perda” e “perca” serem vocábulos com grafia e pronúncia semelhantes. Assim sendo, torna-se necessário esclarecermos as diferenças entre esses termos.

Primeiramente, devemos ressaltar que ambas as palavras existem na língua portuguesa, no entanto, devemos conhecer as suas particularidades para que possamos empregá-las corretamente em determinado contexto.

Perda

“Perda” é o substantivo que corresponde ao verbo “perder”, significando “se privar se alguém ou de algo que se tinha”.

'Perda' ou 'perca': Qual a escrita correta? Esclarece aqui suas dúvidas

Foto: depositphotos

Confira os exemplos a seguir:

a) A perda do amigo a abalou muito.
b) Reeducação alimentar e exercícios físicos são necessários para a perda de peso.
c) O caminhão deu perda total.

Perca

“Perca” é uma forma verbal do verbo “perder”. Aparece na primeira e terceira pessoa do singular do presente do subjuntivo e na 3ª pessoa do singular do imperativo.

Veja os exemplos a seguir:

a) Não perca tempo! (3ª pessoa do singular do imperativo)
b) Não quero que ele perca essa oportunidade de viajar! (3ª pessoa do singular do presente do subjuntivo)
c) Você não quer que eu perca o trem, não é? (1ª pessoa do singular do presente do subjuntivo)

Após as explicações acima, podemos observar que construções como “Que perca de tempo!” estão erradas, não é mesmo? O correto é dizer “Que perda de tempo!”.

 

*Débora Silva é graduada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas).


Informar erro