Cuba: capital, bandeira, mapa e turismo

Cuba é um país localizado no continente americano. Cristóvão Colombo descobriu o território de Cuba no ano de 1492, e reivindicou a ilha para o Reino de Espanha. Neste artigo, você conhecerá mais sobre este interessante país, sua capital, bandeira, mapa, além de outras curiosidades como o turismo em Cuba e a morte do líder cubano Fidel Castro.

Características geográficas de Cuba

O território de Cuba é uma ilha, por isso é chamado de país insular. Cuba está localizada no continente americano, mais especificamente na América Central e Caribe. Cuba é formada pela ilha principal de Cuba, e ainda a Ilha da Juventude e outras ilhas menores. O território de Cuba tem uma extensão de cerca de 1.250 km de noroeste a sudeste e de 30 até 200 km de largura. O território de Cuba é dividido em 4 regiões geográficas, sendo elas: Ocidente, Las Villas, Camaguey e Oriente.

Clima

O clima de Cuba é o Tropical, marcado por duas estações, uma seca que se estende entre os meses de novembro e abril, outra chuvosa e mais quente que se estende entre os meses de maio e outubro. A vegetação de Cuba está relacionada com as condições climáticas da ilha, marcada pela presença de plantas de clima Tropical (florestas tropicais) e Subtropical (presença de pinheiros).

Placa com nome Cuba

Cuba é um país insular, localizado na América Central e Caribe (Foto: depositphotos)

Relevo

O relevo é marcado pela presença de terras baixas, como baixos planaltos e planícies aliviais. Já na porção Sudeste de Cuba surge a Sierra Maestra, conferindo terras mais elevadas, onde está localizado o ponto mais alto de Cuba, o Pico Turquino, com 1.994 metros de altitude.

Descoberta e independência de Cuba

O arquipélago que hoje é chamado de Cuba foi descoberto no ano de 1492 pelo navegador Cristovão Colombo. Com isso, foi reivindicado para a Coroa da Espanha. O sistema de exploração do território ocorreu por meio das plantations produtoras de café e açúcar. Esse sistema baseava-se na produção em larga escala com uso de mão-de-obra escrava e tinha como objetivo a exportação.

No ano de 1898 houve uma intervenção dos Estados Unidos junto a Espanha, quando os estadunidenses venceram a guerra. A ilha ficou sobre controle dos Estados Unidos. No ano de 1902 houve o fim do controle americano através do Tratado de Paris e Cuba ficou independente. As questões políticas de Cuba são bastante dinâmicas, com a presença de conflitos e fragilização das relações internacionais.

Veja tambémRevolução Cubana – Causas e consequências

Economia

Cuba é um dos países da América que tem como base da sua economia a agropecuária. No país, foram estabelecidas as Unidades Básicas de Produção Cooperativa (UBCP), quando boa parte das terras foram transformadas em granjas estatais. São produzidos em Cuba: o açúcar e seus derivados, o tabaco, banana, o café, as frutas cítricas, arroz, legumes e também verduras.

A atividade da mineração também tem destaque em Cuba, especialmente porque o país possui o segundo maior depósito de Níquel do mundo, um metal bastante utilizado na indústria no mundo todo.

Com a crise enfrentada pelo país durante a década de 1990, o governo da época abriu a economia aos investidores estrangeiros na área do turismo. Com isso, a área foi impactada positivamente, com a implantação de uma grande rede hoteleira e de atendimento ao turista. O turismo continua sendo destaque até os dias atuais na economia de Cuba, especialmente com praias famosas como Varadero e Cayo Largo, bem como construções históricas.

Capital

Havana é a maior cidade de Cuba e a capital do país. Havana tem uma área de 728,3 km² e uma população de mais de dois milhões de habitantes. Em Havana pode-se ver muitos contrastes e marcas histórias dos momentos pelos quais Cuba passou. Os luxuosos hotéis da iniciativa estrangeira se mesclam com construções antigas e sem investimentos há anos. Em Havana tem-se muitas tradições históricas e culturais impressas na infraestrutura, cidade na qual acontecem importantes eventos culturais também.

Mapa

O mapa de Cuba é bastante interessante por conta do formato do país, um arquipélago constituído por uma ilha principal e ilhas menores. A extensão mais alongada no sentido noroeste-sudeste, e um caráter estreito em relação a largura.

A bandeira de Cuba

Bandeira de Cuba

A bandeira de Cuba foi adotada em 1902 (Foto: depositphotos)

A bandeira cubana é formada por três cores, sendo elas: azul, branco e vermelho. Há faixas horizontais nas cores branca e azul intercalando-se na porção direita da bandeira. Já na parte esquerda há um triângulo equilátero na cor vermelha com uma estrela solitária de cinco pontas branca ao centro.

Idioma

O idioma oficial de Cuba é a Língua Castelhana, também chamada de Espanhol. Além disso, destacam-se alguns dialetos do espanhol caribenho e das Ilhas Canárias.

A morte de Fidel Castro

Um dos líderes cubanos mais conhecidos da história foi Fidel Alejandro Castro Ruz, mais conhecido como Fidel Castro. Sujeito que viveu entre 13 de agosto de 1926 e 25 de novembro de 2016, ficou conhecido por ser um político e revolucionário cubano de base nacionalista e marxista-leninista. Fidel Castro foi um dos líderes mais polêmicos de Cuba, visto como grande revolucionário por alguns, mas também como perverso ditador por outros. Fidel Castro morreu aos 90 anos em Havana, supostamente de causas naturais.

Veja tambémBiografia de Fidel Castro, história e morte do ex-presidente cubano

Qual é o regime de governo de Cuba?

A questão política em Cuba é bastante discutida e divide opiniões. O ano de 2018 trouxe uma novidade que em teoria mexeu com as estruturas do sistema político de Cuba, que foi a eleição do primeiro presidente após o governo dos irmãos Fidel e Raúl Castro.

Algumas pessoas acreditam que Cuba é um país de regime ditatorial, outros acreditam que as eleições mudam esse perfil. Há apenas um partido político em Cuba que é o Partido Revolucionário Cubano, portanto, é um país de base unipartidária. Cuba é descrita como uma República Socialista (ou comunista em algumas bibliografias).

Cuba possui também um regime denominado de Semipresidencialismo, que é quando o presidente partilha o poder executivo com um primeiro-ministro e um gabinete. Definir a política em Cuba não é uma tarefa simples, já que o país possui uma organização política que não existem em nenhum outro lugar do mundo desta forma, complexa e contraditória.

Referências

» ADAS, Melhem; ADAS, Sergio. Expedições Geográficas. 2 ed. São Paulo: Moderna, 2015.

Sobre o autor

Avatar
Mestre em Geografia e Graduada em Geografia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Especialista em Neuropedagogia pela Faculdade Alfa de Umuarama (FAU) e em Educação Profissional e Tecnológica (São Braz).