Quando devo usar ‘esse’ ou ‘este’? Descubra e aplique corretamente

“Esse” e “este” são pronomes demonstrativos que costumam provocar questionamentos entre os falantes. Conheça as diferenças entre os termos

Os pronomes demonstrativos indicam o lugar, a posição ou a identidade dos seres, relativamente às pessoas do discurso. “Esse” e “este” são dois pronomes demonstrativos que costumam provocar questionamentos entre os falantes da nossa querida língua portuguesa.

Ambos são usados quando o falante deseja esclarecer a identidade de um referente, retomar conteúdos e localizá-los no tempo e no espaço, porém existem algumas particularidades entre os termos e, por isso, devemos saber empregá-lo corretamente em determinada frase. 

Quando devo usar “esse”?

Quando devo usar 'esse' ou 'este'? Descubra e aplique corretamente

Foto: depositphotos

Compro esse celular (aí).

No exemplo acima, o pronome demonstrativo “esse” indica que o objeto (o celular, no caso) está perto da pessoa com quem falo ou afastado da pessoa que fala. Pode ser usado no passado ou futuro.

Exemplos:

-Quando comprou esse computador que está usando?
-Esse carro é seu?
-Esse mês vai ser de muita celebração!

O pronome demonstrativo “esse” também deve ser usado para retomar um termo, uma ideia ou uma oração já mencionados.

Exemplo:

-A Terra gira em torno de seu próprio eixo. Esse movimento é conhecido como rotação.

Quando devo usar “este”? 

Compro este celular (aqui).

No exemplo acima, o pronome demonstrativo “este” indica que o objeto (o celular, no caso) está perto da pessoa que fala. Em relação ao tempo, é usado no presente.

Exemplos:

-Este carro é meu.
-Este ano está passando muito depressa.

O pronome demonstrativo “este” também deve ser usado para fazer referência ao que ainda será citado.

Exemplo:

-É este o meu propósito: contribuir para o desenvolvimento pessoal das pessoas que amo.

As mesmas regras valem para “esta”, “essa”, “isto” e “isso”.

Sobre o autor

Avatar
Formada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas) pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), com certificado DELE (Diploma de Español como Lengua Extranjera), outorgado pelo Instituto Cervantes. Produz conteúdo web, abrangendo diversos temas, e realiza trabalhos de tradução e versão em Português-Espanhol.