Uso da crase depois do Novo Acordo Ortográfico. Tire suas dúvidas

O Novo Acordo Ortográfico não modificou as regras de emprego do acento indicativo de crase. Trata-se de uma boa notícia, pois significa que tudo o que você estudou até aqui continua valendo e não será necessário passar pelo processo de aprendizado de novas regrinhas.

Crase: regras permanecem iguais após Novo Acordo Ortográfico

Se nada mudou, neste artigo recapitularemos as regras de emprego da crase. Como você já sabe, o acento grave é usado para indicar a contração da preposição “a” com os artigos “a”, “as” e com os pronomes demonstrativos “a”, ‘as”, “aquele(s)”, “aquela(s)” e “aquilo”.

Uso da crase depois do Novo Acordo Ortográfico. Tire suas dúvidas

Foto: depositphotos

Confira os exemplos a seguir:

-Fui à feira.
-Assisti às aulas.
-Dirija-se àquele moço.

O uso correto do acento indicativo de crase depende da compreensão das situações nas quais o fenômeno ocorre. Existem algumas dicas simples que podem nos ajudar a utilizar a crase corretamente. Confira a seguir:

1) A crase deve ser empregada apenas diante de palavras femininas, porque se trata da fusão da preposição “a” com o artigo “a”.

Se ainda assim você estiver em dúvida, coloque um termo masculino no lugar do termo feminino. Se surgir a forma “ao”, ocorrerá crase antes do termo feminino.

Veja os exemplos a seguir:

-Refiro-me ao aluno.
-Refiro-me à aluna.

2) A crase nunca vem antes de verbos.

Exemplo: Disposto a ajudar. 

3) A crase nunca vem antes de palavras masculinas. No entanto, utiliza-se crase quando a expressão “à moda de” estiver implícita. Observe atentamente o exemplo a seguir:

Exemplo: Comprei alguns móveis à Luís 15.

4) Nunca devemos empregar a crase quando “a” vem antes de plural.

Exemplo: A pesquisa não se refere a gatas castradas.

5) A crase deve ser utilizada em expressões que indicam horas, mas é necessário ficar atento às construções em que as horas são antecedidas das preposições “para”, “desde”, “até”, “após” e “entre”.

Observe atentamente os exemplos a seguir:

-A aula começa às 8h.
-O jogo termina às 21h.
-A palestra estava marcada para as 15h.
-Eu aguardei na fila do banco desde as 13h.
-As senhas serão distribuídas até as 16h.

6) Não há crase em palavras repetidas. Não devemos usar a crase nas expressões formadas por palavras repetidas, pois nelas não há o emprego do artigo. Desta maneira, o acento indicativo da crase não pode ser utilizado nos exemplos a seguir:

-Dia a dia
-Ponta a ponta
-Cara a cara
-Frente a frente
-Uma a uma

7) A crase deve ser utilizada em locuções adverbiais, conjuntivas ou prepositivas de base feminina.

Exemplos: às vezes, às pressas, à medida que, à custa de, às escuras, às claras, à procura de, etc.

Sobre o autor

Avatar
Formada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas) pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), com certificado DELE (Diploma de Español como Lengua Extranjera), outorgado pelo Instituto Cervantes. Produz conteúdo web, abrangendo diversos temas, e realiza trabalhos de tradução e versão em Português-Espanhol.