Hipertexto: qual o significado e importância?

Hipertexto é um processo de escrita e leitura não-linear e que permite o acesso ilimitado a outros textos de forma instantânea. Saiba mais


O termo hipertexto, de acordo com as várias definições de autores, pode ser definido como um processo de escrita e leitura não-linear, que permite o acesso ilimitado a outros textos de forma instantânea, na forma de blocos de textos, palavras, imagens ou sons.

Trata-se de uma nova ideia de textualidade, pois ela passa a funcionar por associação, e não por sequências fixas já estabelecidas, possibilitando a realização de uma trama ou rede.

Histórico

Atualmente, o hipertexto é o texto disponibilizado pelas redes de computadores, os denominados hiperlinks, ou simplesmente links, que possuem a função de interconectar os diversos conjuntos de informação. Assim sendo, o sistema de hipertexto mais conhecido nos dias de hoje é a World Wide Web, porém, a internet não é o único suporte onde este processo de escrita e leitura não-linear se manifesta, e esta nova concepção de textualidade não nasceu com a web.

De acordo com alguns autores, como Burke e Chartier, as primeiras manifestações hipertextuais ocorreram nos séculos XVI e XVII por meio de manuscritos e marginalia.

Imagem de tablet, celular e gráficos em textos

Foto: Depositphotos

Acredita-se que a primeira descrição formal da ideia surgiu no ano de 1945, com a publicação de Vannevar Bush na The Atlantic Monthly, intitulada “As We May Think”. No ensaio, o qual descrevia o dispositivo “Memex”, Bush criticava os sistemas de armazenamento de informações daquela época, que funcionavam através de ordenações lineares. Para o engenheiro e inventor, o pensamento humano funciona através de associações e era assim que ele propunha o funcionamento do Memex, dispositivo que não chegou a ser construído, mas atualmente é considerado um dos precursores da conhecida web.

Outros trabalhos importantes na área foram os de Douglas Engelbart e Ted Nelson. O conceito de “linkar” (“ligar”) textos foi criado por Ted Nelson na década de 1960, influenciado pelo pensador francês Roland Barthes e o seu conceito de “lexia”, a ligação de textos com outros textos.

As principais características do hipertexto

Atualmente, o hipertexto apresenta alguns elementos básicos, tais como a escrita e a leitura não-sequencial, a interatividade viabilizada pelo meio digital e a existência de links textuais ou não.

As principais características do hipertexto incluem a intertextualidade, velocidade, precisão, interatividade, organização multilinear, transitoriedade, estrutura em rede, dinamismo e acessibilidade.

O hipertexto ocorre apenas na Internet?

Existem controvérsias a respeito do conceito de hipertexto, incluindo a sua vinculação obrigatória ou não com a Internet. De acordo com alguns autores, o hipertexto ocorre apenas nos ambientes digitais; já outros estudiosos defendem que a representação hipertextual da informação não depende do meio, podendo ocorrer no papel, por exemplo, como no caso de uma enciclopédia, que permite o acesso não-linear aos verbetes.


Reportar erro