Jogo de celular une diversão e matemática

De acordo com o criador, o jogo foi desenvolvido com base nos indicadores da Unesco, sobre a deficiência que os alunos têm com a matemática


O envolvimento das novas gerações com o mundo tecnológico vem exigindo que muitos professores adequem suas formas de passar o conteúdo.

O dinamismo, a utilização do lúdico e interação tecnológica vêm invadindo as salas de aula e envolvendo ainda mais os alunos com as matérias, sobretudo aquelas vistas como mais complicadas, como é o caso da matemática.

Essa foi a ideia que deu origem ao Matemagos, um jogo criado para smartphones que inclue magia à disciplina considerada o terror dos estudantes.

O game começou a ser desenvolvido há quase dois anos durante o doutorado do professor de design de jogos da Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi), Sylker Teles, na Universidade de Kyushu, no Japão.

jogo-de-celular-une-diversao-e-matematica

Foto: divulgação

De acordo com o professor, o jogo foi desenvolvido com base nos indicadores da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), sobre a deficiência que os alunos têm com a matemática. “As crianças vão jogando, vão se divertindo e a matemática está ali embutida na mecânica do game. Elas precisam resolver pequenas operações de matemática para ter sucesso nas batalhas e acabam absorvendo o conteúdo dessa forma”, afirma Teles.

Sobre o Matemagos

No Matemagos, o jogador entra no “Reino da Tabu’Ada”, onde um bruxo abre uma porta dimensional permitindo a passagem de criaturas malignas. Os magos, heróis do game, precisam impedi-los de conquistar o reino e selar o portal. Mas, para ter sucesso nas batalhas, o usuário precisar aplicar alguns conhecimentos de matemática do ensino fundamental.

O professor resolveu incorporar um pouco da cultura amazônica no jogo, já que ele veio de lá. “São seis magos os personagens principais e cada um é baseado em um aspecto diferente da cultura mundial. Existe um personagem, um indiozinho, que representa a cultura amazônica. Ele é o pajé. A função dele no game é justamente a cura. É ele quem cura os outros personagens”, ressalta o professor.

O jogo Matemagos foi desenvolvido para plataformas Android e iOS e poderá ser baixado gratuitamente.


Reportar erro