Saiba quais escritores são mais cobrados no Enem

Para responder algumas questões do Enem, o candidato precisa conhecer um pouco mais sobre os autores, suas obras e o estilo que o caracteriza


Para ter sucesso na prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), sobretudo na parte que aborda o conteúdo de Linguagens e Suas Tecnologias, é preciso prestar um pouco mais de atenção as principais escolas literárias do Brasil, assim como seus autores e o contexto histórico no qual eles estão inseridos.

Nesse contexto, as questões ligadas a Literatura costumam exigir um pouco mais dos alunos do que tão somente a parte de interpretação textual. Para responder algumas delas, por exemplo, o candidato precisa conhecer um pouco mais sobre o autor, suas obras e o estilo que o caracteriza.

Mas, para se dar bem, não é necessário que você decore todos os autores, assim como os personagens das suas principais obras. A forma com que as questões abordam a temática segue uma linha bem subjetiva.

Saiba quais escritores são mais cobrados no Enem

Foto: depositphotos

O Enem não traz uma lista de livros de leitura obrigatória, assim como nos vestibulares. Mas os alunos não devem fazer vista grossa.

Os autores no Enem

Alguns autores são figurinhas fáceis de serem identificados nas provas. Os poetas Carlos Drummond de Andrade e Manuel Bandeira e o escritor Machado de Assis, por exemplo, apareceram diversas vezes nas últimas edições da provas. Por isso, seguindo essa linha de raciocínio, veja quais são os autores mais cobrados.

Machado de Assis

Considerado o maior nome da literatura nacional, Machado de Assis foi um escritor do realismo e romantismo. Suas obras se transformaram em verdadeiros clássicos da literatura brasileira, algumas delas, inclusive, com leitura obrigatória no Ensino Médio. Entre as principais, destaque para “Memórias Póstumas de Brás Cuba”, “Quincas Borba” e “Dom Casmurro”.

Carlos Drummond de Andrade

Drummond se destaca como um dos principais poetas da segunda geração do Modernismo brasileiro. O nacionalismo crítico da suas obras e estruturas dos seus poemas também são evidenciados nos seus trabalhos, assim como a existência humana. Devido a sua importância, muitas obras do poeta são exploradas no Enem, sobretudo suas poesias e crônicas.

José de Alencar

O escritor ficou conhecido por mostrar o Brasil de forma romântica e idealizada para os próprios brasileiros. Essas características ficaram marcadas em muitas das suas obras, onde mitos, lendas, tradições, festas religiosas, usos e costumes aparecem com bastante evidência. Entre as suas principais obras estão: “Iracema”, “Senhora” e “O Guarani”.

Oswald de Andrade

Considerado o principal escritor da primeira-fase modernista, Oswald foi um dos promotores da Semana de Arte Moderna, que ocorreu 1922 em São Paulo, tornando-se um dos grandes nomes do modernismo literário brasileiro. Ficou conhecido pelo seu temperamento “irreverente e combativo”. As obras que se destacam são: “Manifesto Antropofágico” e “Pau-Brasil”.

Clarice Lispector

Autora de romances, contos e ensaios, Clarice foi considerada uma das escritoras brasileiras mais importantes do século XX. Autora modernista, sua escrita é singular, sofisticada e profunda, por isso exige certa concentração dos alunos para entender seus textos. Sua obra está repleta de cenas cotidianas simples e tramas psicológicas, sendo considerada uma de suas principais características a epifania de personagens comuns em momentos do cotidiano. Entre as principais, destaque para: “A Hora da Estrela”, “Felicidade Clandestina” e “Laços de Família”.

Graciliano Ramos

Graciliano é um dos principais nomes da literatura, se destacando na segunda geração modernista. Suas obras retratam a vida do homem nordestino no sertão, além daqueles marginalizados pelo sistema social, econômico e político vigente. Em importantes obras, como “Vidas Secas” e “São Bernardo”, é possível perceber o realismo utilizado pelo autor para descrever as dificuldades da vida no sertão.

Guimarães Rosa

Médico, autor e escritor modernista, Guimarães Rosa é considerado um dos maiores autores brasileiros de todos os tempos. Os contos e romances escritos por ele são ambientados no sertão brasileiro. A sua obra destaca-se, sobretudo, pelas inovações de linguagem, sendo marcada pela influência de falares populares e regionais que, somados à erudição do autor, permitiu a criação de inúmeros vocábulos a partir de arcaísmos e palavras populares, invenções e intervenções semânticas e sintáticas. Nesse contexto, a principal obra é “Grandes Sertão Veredas”.

Cecília Meireles

Juntamente com nomes como Graciliano Ramos e Guimarães Rosa, Cecília Meireles ficou conhecida por evidenciar o estilo romancistas neo-regionalistas do modernismo nos seus trabalhos. Uma das mais importantes obras foi “Romanceiro da Inconfidência”, que sugere a uma reflexão sobre a história do povo brasileiro.

Luís Fernando Veríssimo

Filho do também escritos Érico Veríssimo, Luiz Fernando é considerado um dos mais expressivos escritores contemporâneos. Sua literatura irônica busca inspiração em temas atuais da sociedade, como política e exclusão social.


Reportar erro