Energia solar: vantagens e desvantagens

Ela é considerada uma fonte de energia limpa e renovável, mas ainda tem um custo expressivo

Você já pensou quais são as vantagens e desvantagens da energia solar? Ela é considerada uma fonte de energia renovável e é chamada oficialmente de energia solar térmica e fotovoltaica.

De acordo com a organização não-governamental Ecoa, “15% da energia emitida pelo Sol que chega a terra é refletida de volta para o espaço. Outros 30% são perdidos na evaporação da água a qual sobe para a atmosfera produzindo chuva”. As demais são utilizadas pelos seres vivos e radiação térmica.

Ainda assim, o Sol produz, simplesmente, 4 milhões de vezes mais energia do que consumimos. “Em apenas 1 segundo, o Sol produz mais energia interna do que toda energia usada pela humanidade desde o começo dos tempos”, afirma a Ecoa. Isso não é incrível?

Ou seja, ainda há muito o que ser explorado. Conheça neste artigo, as vantagens e desvantagens da energia solar, seus impactos ambientais e curiosidades sobre carros movidos por ela. Confira.

Descubra as vantagens e desvantagens da energia solar

A energia solar é perfeita para a frear a crise energética para a qual caminha o mundo. Porém, porque ainda vemos tão pouco dessa utilização? Esses motivos você compreenderá agora. Veja.

A energia solar possui vantagens e desvantagens, como sua captação e custo respectivamente

A energia solar é limpa e exige pouca manutenção (Foto: depositphotos)

Vantagens da energia solar

As vantagens da energia solar são imensas. Entre elas está o fato de ser uma energia totalmente limpa. Ou seja, não polui enquanto é produzida. Embora algumas pessoas atribuam poluição durante a fabricação das placas de captação, esse dano é mínimo quando comparado a outros tipos de produção de energia.

Outro benefício é que essas placas exigem pouca manutenção e seu material cada dia se torna mais resistente. Embora, o custo ainda seja alto, há uma tendência a popularizar um pouco mais os valores.

Um dos grandes trunfos da energia solar é que ela não se torna de difícil instalação, pois não é necessário cabos ou ligações entre um lugar e outro. Como por exemplo: fios, tubos etc.

Veja também: Fontes de energia

Desvantagens da energia solar

Embora seja uma matriz energética muito valiosa e limpa (como a eólica), alguns fatores podem tornar a captação da energia solar menos vantajosa. Pensando nisso, conheça também suas desvantagens.

A primeira e mais óbvia é que lugares com menos Sol, naturalmente, não podem contar 100% com a energia solar. Fatores como a neve, chuvas intensas podem acabar prejudicando a captação e obrigando as pessoas a armazenarem energia.

E quando o assunto é guardar esse tipo de energia, ela se mostra menos eficiente que outros tipos, como as que utilizam combustível ou água.

Carros movidos à energia solar

A energia solar é uma tendência. E não só para ser utilizada em residências ou empresas, mas também em veículos. Embora pareça algo bem futurista, o carro movido à energia solar já é uma realidade.

Muito em breve poderemos ter carros movidos 100% à energia solar

A Ford desenvolveu o híbrido chamado C-Max Energi Solar (Foto: Reprodução | Ford)

Contudo, ainda não é possível afirmar que temos modelos desses carros em circulação. Entretanto, a tendência é que isso venha a acontecer em um futuro próximo.

Atualmente, já há inúmeros testes sendo feitos e alguns protótipos envolvem carros que usam a energia solar em conjunto com os combustíveis tradicionais. Em breve, poderemos ter carros movidos 100% à energia solar.

A Ford desenvolveu o híbrido chamado C-Max Energi Solar. Ele é alimentado por uma lente chamada Fresnel, que capta e envia energia solar para as células solares. A Audi também está adaptando alguns carros dela para receber painéis solares.

Impactos ambientais da energia solar

A energia solar é limpa. Por isso, o impacto ambiental é mínimo. O que mais preocupa nesse sentido são os resíduos causados pelos equipamentos do sistema fotovoltaico. Uma pesquisa recente revelou que a indústria da energia solar produziu até 250 mil toneladas.

Veja também: Energia hidráulica

Outra inquietação é sobre a vida útil de cada painel, que é apenas de 30 anos. Isso significa que esses materiais serão depositados na natureza e é preciso estudar meios para prevenir a natureza do acúmulo desses equipamentos.

Outros tipos de energia

Além da energia solar, há outros tipos de energia que estão ganhando espaço. Conheça-as:

Energia biomassa

Se a energia solar é uma modalidade relativamente nova, imagina quando falamos em energia biomassa? O termo é bem recente e emprega-se quando há geração de energia produzida a partir de resíduos sólidos naturais resultantes da atividade humana.

Um bom exemplo de energia biomassa é quando ela vem de subprodutos floresta, da prática pecuária, da agricultura ou da exploração da madeira, por exemplo. Uma maneira diferente é a energia biomassa gerada a partir do lixo.

Porém para ser utilizada, essa biomassa tem que passar pelos processos de pirólise, gasificação, combustão ou co-combustão. Uma das vantagens da energia biomassa é que ela é renovável.

Energia geotérmica

Já pensou utilizar o calor das profundezas da terra para gerar energia? Esse é o princípio da energia geotérmica. Funciona assim: o calor é trazido para perto da superfície em forma reservatórios de água quente sob grande pressão.

Ela pode ser captada de três formas: por meio de reservatórios geotérmicos, centrais geotérmicas e bombas de calor geotérmicas.

Essa também é um tipo de energia limpa e renovável. Outras vantagens desse tipo de energia é que ela é barata, quase inesgotável e consegue produzir energia 24h diferente da energia solar e eólica.

Energia eólica

Esse é o tipo de energia limpa mais popular que conhecemos. A energia eólica é produzida pela força dos ventos. Quem impulsiona essa produção são os aerogeradores, que são aquelas hélices enormes que vemos nos parques eólicos espalhados por vastas áreas mais altas.

Curiosamente, esse tipo de geração de energia é feito há mais 3 mil anos, embora muita gente acredita que se trate de algo novo. Para você ter uma ideia, os moinhos já usavam esse tipo de lógica para extrair a força mecânica, tanto para bombear água como para moer grãos.

Com a descoberta da energia, deu-se um jeito dessa mesma força propulsora gerar energia elétrica. Atualmente, as usinas eólicas servem tanto para fins comerciais como para abastecimentos em menor escala.

Veja também: Energia nuclear no Brasil

Vale a pena usar energia solar?

Sim. A energia solar é limpa e renovável. Embora a fabricação das placas ainda gere um custo mais alto, aos poucos esse cenário tende a mudar. Diante das alterações climáticas e do encarecimento dos combustíveis, ela é uma opção sustentável e segura para geração de energia.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Federal da Paraíba com especialização em Comunicação Empresarial. Passagens pelas redações da BandNews e BandSports, TV Jornal e assessoria de imprensa de órgãos públicos.