Dilatação do Tempo

Dilatação de tempo diz que a velocidade e o tempo não são universais. Estudo desenvolvido por Einstein, é conhecido por Teoria da Relatividade.


Mesmo o Brasil sendo um só território, o mesmo possui quatro fusos horários que são divididos de acordo com o de Brasília, capital do país. Por exemplo, em todos os estados do Sul, Sudeste e Nordeste, além de Goiás, Tocantins, Amapá e Pará, o fuso horário é o mesmo do Distrito Federal. Se nessas regiões, por exemplo, o relógio marcar 12h, no mesmo instante, em todas as ilhas oceânicas do país, a horá será 13h, enquanto que no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, em Roraima, Rondônia e em quase todo Amazonas será 11h, ou seja, localidades cujo fuso é atrasado 1h em relação a Brasília. Já no Acre e em uma pequena porção do Amazonas, seguindo o mesmo exemplo, o relógio marcará 10h, um retardo de 2h em relação ao fuso horário da capital federal.

É, em um único país a noção de tempo é diferente em algumas regiões. Porém, nem sempre foi assim. Antes do século XX, estudiosos acreditavam que a noção de tempo, espaço e velocidade eram universais. Isto é, o valor do tempo gasto era igual em todos os lugares e para todas as pessoas.

Entretanto, toda essa concepção mudou com o surgimento da teoria da relatividade, desenvolvida por Albert Einstein. Divida em dois estudos mais aprofundados, tem-se a teoria da relatividade restrita e a teoria da relatividade geral. Ambas estão relacionadas com a designação de dilatação de tempo.

Dilatação do tempo

Imagem: Reprodução/ internet

 

Dilatação do tempo

Entender que o tempo das ações dependem da velocidade, do lugar e das pessoas que praticam é fundamental para compreender o que significa a dilatação do tempo. Sabendo então, que o tempo não é absoluto e sim relativo, sabe-se que ele passa de diferentes formas para cada situação.

Quanto mais rápido, menos tempo gasto

Imagine que alguém viaje de foguete para alguma estrela que esteja a 40 anos luz da terra. Se a velocidade desse foguete for de 240 000 km/s, essa viagem para os que estão na terra irá durar 50 anos de ida e mais 50 de volta. De acordo com a teoria da relatividade, o voo sofrerá uma redução de 40%. Teremos portanto a fórmula a seguir:

exemplo-dilatacao-tempo

Sendo: Δt2 é o intervalo de tempo que passa para o observador em movimento, que será denominado tempo dilatado.

Δt1 é o intervalo de tempo transcorrido para o observador em repouso, também chamado tempo próprio.

V é a velocidade do observador em movimento;
C é a velocidade da luz (que é sempre a mesma);

Portanto teremos:

exemplo-2-dilatacao-tempo

Δt= é o valor do tempo que será gasto nessa viagem para o viajante e é o que está sendo procurado no cálculo;

Δt1= 50, valor de uma viagem de ida;

V: 240 000km/s, velocidade usada para atingir o objetivo;

C= 300 000, velocidade da luz. Esse valor será sempre o mesmo em todas as situações.

Assim, o tempo gasto pelo viajante será de 30 anos. Esse tempo poderá ser menor, se a velocidade do foguete aumentar com relação a velocidade da luz. Porém, não importa o tempo gasto na nave, pois, na Terra, o valor permanecerá o mesmo. De modo que é possível concluir que, quanto maior a velocidade, menor é o tempo gastado.

Dois pontos em movimentos, velocidades diferentes

Se por acaso, duas naves, chamadas de A e B, se afastam uma da outra numa velocidade próxima a da luz, ambas, ao observarem uma a outra, terão a impressão de que a velocidade da outra está ocorrendo de forma mais lenta que a dela. Dizemos, então, que elas experimentam a dilatação temporal, pois se A, hipoteticamente falando, observa o interior de B, terá sensação que o ritmo dos eventos estão acontecendo de forma mais devagar do que no interior de A.

A situação se atenua quando o tempo registrado em relógios inerciais estáticos é levado em consideração. Por exemplo, se uma outra nave C é colocada em órbita paralelamente a A ou a B. Assim, os eventos ocorridos em C serão considerados normais para ambos. Há uma inversão quando, ao invés de se distanciarem, as naves começarem a se aproximar. O que era lento fica mais rápido que o normal.


Reportar erro