Maré vermelha – Como se dá esse fenômeno?

O que é? Maré vermelha é um fenômeno que acontece em todos os mares do planeta, e é caracterizado pelo excesso do aparecimento de…


O que é?

Maré vermelha é um fenômeno que acontece em todos os mares do planeta, e é caracterizado pelo excesso do aparecimento de algas. Parte do fito plâncton, base da cadeia alimentar aquática, as algas microscópicas aumentam em grandes proporções, fazendo com que o fenômeno aconteça. A floração, como é chamado esse aumento excessivo das algas, vem acompanhado da liberação de substâncias tóxicas que podem ocasionar a morte de animais aquáticos, além da intoxicação de pessoas que se alimentem de animais contaminados. O fenômeno é chamado de maré vermelha devido à coloração das algas que aparecem em maior quantidade nesse tipo de floração – marrons e vermelhas – que acabam por alterar a coloração das águas também. Quando acontece a maré vermelha, é possível a visualização de manchas avermelhadas nas águas.

Maré vermelha – Como se dá esse fenômeno?

Foto: Reprodução

O que ocasiona a maré vermelha?

A maré vermelha é um acidente ecológico que acontece em decorrência de alguns fatores como a alteração da salinidade, oscilação da temperatura, além do excesso de sais minerais que são ocasionados pelo escoamento de esgoto doméstico, alterando as condições abióticas do mar, afetando, consequentemente, o comportamento de espécies que vivem no local, inclusive as planctônicas.

Quais algas são responsáveis pelo fenômeno?

As principais algas que ocasionam a mare vermelha, são as do grupo dos dinoflagelados, que são algas unicelulares com dois flagelos usados para locomoção por meio de rodopios. Essas, pertencem a uma divisão das algas pirrófitas, que do grego – pyrrhos = fogo e phyta = planta – significa planta cor de fogo. O nome foi dado devido à presença dos pigmentos avermelhados nessas algas. A reprodução dessa espécie pode ser assexuada ou sexuada. As toxinas liberadas por este tipo de alga, são extremamente tóxicas aos seres humanos e animais.

Prejuízos

Seus efeitos nos seres humanos, em caso de ingestão de animais contaminados, como ostras, camarões e peixes, são diarreia, problemas circulatórios e respiratórios.

Além de perigosas para a saúde de animais e pessoas, as florações trazem prejuízos econômicos devido à contaminação da água, que fica imprópria para o banho, afastando dessa forma os turistas. Também pela contaminação dos animais, a economia é prejudicada, uma vez que afeta o rendimento das pessoas que vivem de atividades relacionadas à pesca.


Reportar erro