Governo eletrônico: a divulgação online dos serviços e programas públicos

Este canal surgiu em 1993, com o lançamento do primeiro sistema de browser nos Estados Unidos

No mundo onde a tecnologia é uma ferramenta presente de forma massiva na vida das pessoas é ilógico um governo não adaptar seus serviços e informações para este meio. Por esta razão, o Brasil adotou o Governo Eletrônico, um canal tecnológico que visa mais aproximação entre as entidades públicas, as instituições privadas e a população no geral.

De acordo com o site oficial do Governo Eletrônico, é necessário usar das tecnologias de informação e comunicação (TICs) “para democratizar o acesso à informação, visando ampliar o debate e a participação popular na construção das políticas públicas, como também aprimorar a qualidade dos serviços e informações públicas prestadas.”

Histórico do Governo Eletrônico

Este canal surgiu em 1993, com o lançamento do primeiro sistema de browser nos Estados Unidos. Chamado de e-gov ou ainda eletronic government, só passou a ser difundido em outros países no final dos anos 90 juntamente com as funções das TICs na Administração Pública.

O governo eletrônico é uma maneira do governo está presente na vida do cidadão

O Governo Eletrônico só surgiu em 2000 (Foto: depositphotos)

No caso do Brasil, o Governo Eletrônico só surgiu em 2000, através da criação do Grupo de Trabalho Interministerial, que visava uma nova forma de interação entre as pessoas.

Este tipo de canal é uma maneira do governo está presente na vida do cidadão na proporção 24/7. Em outras palavras, é possível dizer que com este tipo de serviço as pessoas e instituições privadas podem se conectar com o governo a qualquer hora do dia e durante toda a semana, incluindo feriados e fins de semana.

Veja também: Conheça o Vigie Aqui: plugin que destaca o nome de políticos ficha-suja

Para que serve este serviço governamental?

Este tipo de canal tem como pilares três preceitos básicos para a construção de uma democracia, são eles: a transparência, responsividade e a prestação de contas. Neste sentido, há muitos tipos de serviços disponibilizados pelo Governo Eletrônico que facilitam a vida dos cidadãos e ajudam na interação destes com o próprio sistema de governo, alguns exemplos são:

  • Ouvidoria: Espaço para que os cidadãos possam reclamar, pedir informações e até sugerir melhorias para determinado serviço;
  • Requisições: Conferir cronogramas de obras públicas, exigir a prestação de alguns serviços ineficientes ou inexistentes, fazer reclamações etc;
  • Prestações de conta: Neste espaço a população fica sabendo de onde estão sendo gastos o dinheiro público;
  • Cadastro e serviço online: Um dos exemplos deste tipo de serviço é a de declaração de imposto de renda que pode ser feito online, dispensando todo o trabalho físico e o tempo gasto nesta atividade;
  • Espaço para discussões: Fóruns são criados para saber da opinião pública dos cidadãos mesmo que estes estejam longe.

Veja também: Aplicativo ajuda a controlar e contornar censura na Internet

Governo eletrônico: a divulgação online dos serviços e programas públicos

(Foto: Reprodução/ Governo Eletrônico)